Canto “Liberdade”, de Zé Martins

Liberdade para os povos indígenas, liberdade para os ribeirinhos, liberdade pro povo negro e pros quilombolas. Liberdade sem genocídio, liberdade sem opressão, liberdade pra viver. Liberdade política e de expressão de pensamento. Liberdade na arte, na cultura, no teatro, na música, na vida, na poesia e na prosa. Liberdade nessa América Latina ferida, liberdade pra todos os povos! “Cante e tenha liberdade” – foi a mensagem do Pe. Julio Lancellotti no final da celebração de domingo, 12/07/2020, com o canto “Liberdade”, de Zé Martins.

Deixe um comentário