Missa em solidariedade ao povo da rua e ao Pe. Julio

Centenas de pessoas participaram da missa das 10h de domingo, 16/09, em apoio aos moradores de rua e ao Pe. Julio Lancellotti, que dois dias antes foram vítimas de ação violenta da GCM (Guarda Civil Metropolitana) no Centro São Martinho de Lima, na Mooca.

Acompanhe alguns momentos da celebração, iniciando com o canto de abertura, nas vozes do Coro Luther King:

No início da missa, o Pe. Julio acolheu os participantes, apresentando o testemunho de quem foi agredido:

Pessoas de diferentes áreas de atuação pastoral, social e política expressaram indignação com os casos de violência e se solidarizaram com o povo da rua e com o Pe. Julio. Para a deputada federal Luiza Erundina, ex-prefeita de São Paulo, que inaugurou o Centro São Martinho, é preciso dizer basta a essa situação!

O presidente da Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo, Antônio Funari Filho, denunciou o que considera um ataque organizado aos Direitos Humanos, no momento em que a Declaração Universal dos DH está prestes a completar 70 anos:

No final, o Pe. Julio pediu aos participantes da celebração para entregarem flores aos moradores de rua, num gesto de solidariedade e acolhida:

Para assistir à homilia do Pe. Julio, clique aqui.

Gravações realizadas na capela da Universidade São Judas Tadeu, em São Paulo.

Um Comentário

  1. TERESA NORMA
    set 20, 2018 @ 21:23:06

    obrigada a Pastoral de comunicaçao. Fico muito feliz de participar onde estiver. Padre Julio é uma honra estar lhe seguindo. Porque o senhor segue Jesus e eu quero agir na minha fé como Tiago nos ensina

    Reply

Deixe um comentário