Pastoral da Ecologia planta árvore simbólica

Integrantes da comunidade São Miguel Arcanjo plantaram no domingo, véspera do Dia da Árvore, uma muda ao lado da capela da Universidade São Judas Tadeu, como ato simbólico da recém-criada Pastoral da Ecologia.

Lançamento Pastoral da Ecologia

A planta escolhida foi uma bauhinia, conhecida como “pata de vaca”, a qual é usada como medicamento caseiro.

Veja como foi o ato:

Para ver mais informações sobre onde obter mudas e fazer o plantio, clique aqui.

4 Comentários

  1. Tânia Serrano Serrano
    set 21, 2009 @ 17:15:44

    Plantar uma árvore é semear vida … a beleza do germinar é mais uma das inúmeras maravilhas que Deus nos concede.

  2. Giovanni Fontes Pinheiro
    set 21, 2009 @ 19:08:53

    EU JÁ PLANTEI DIVERSAS ÁRVORES NA MINHA VIDA;ENTRE ELAS:PINHEIROS, ACEROLA LARANJEIRAS,LIMONEIRO,ETC
    UM ABRAÇO
    GIOVANNI

    PS:JÁ ESTOU NO CAPÍTULO 50 DA BÍBLIA

  3. carlos Alberto Beatriz
    set 21, 2009 @ 23:34:20

    Pastoral da Ecologia. Fiquei emocionado com o gesto concreto do lançamento da Pastoral da Ecologia da Comunidade São Miguel Arcanjo, já comemorando o dia da árvore. O ato contou com muitas pessoas, destacando-se a Dona Alzira, que há alguns anos plantou uma oliveira nos jardins da Universidade São Judas Tadeu e agora acompanha os jovens plantando a muda de bauhinia. Teve até engenheiro agronomo. Ficou o entusiasmo e o compromisso de aumentar o plantio de árvores nesta Cidade de São Paulo, para recuperarmos parte do verde e em conseqüência, da vida.

  4. http://baoba-africa.blogspot.com
    abr 11, 2010 @ 19:23:43

    AFRICA.

    Estamos lançando um livro intitulado

    BAOBA. Cenas e fatos d´Africa.

    O presente ideal para quem gosta de conhecer outras culturas.

    Veja no blog.: http://baoba-africa.blogspot.com

    Contato direto com o autor.: altair2001@yahoo.com
    ======================

    BAOBA. Fatos vividos, vivenciados ou dos quais o autor teve conhecimento, transformam-se em materia prima de uma narrativa leve, agradavel e bem humorada do quotidiano de diversos paises africanos como Cabo Verde, Senegal, Angola, Mocambique, Congo, Guine Bissau etc.