“Se calarem a voz dos profetas”

“Eu não quero estar escoltado enquanto o irmão de rua é torturado. Eu não quero estar escoltado enquanto o irmão de rua tem suas coisas pilhadas pelo rapa”. No final na missa de domingo, 20/09/2020, o Pe. Julio Lancellotti defendeu uma escolta da verdade e do amor, em que todos sejam protegidos e ninguém maltratado. Assista a mensagem inspirada pelo canto “Pão da Igualdade”:

Deixe um comentário